Você está em: Home > Notícias > Pavers - Projeto, boa execução e conservação
Notícias
Pavers - Projeto, boa execução e conservação


São esses os fatores responsáveis por garantir a durabilidade em calçadas feitas com pisos intertravados


As calçadas, praças e parques de grande parte das cidades brasileiras têm utilizado cada vez mais os pisos intertravados de concreto como pavimento, devido às suas inúmeras vantagens. Esse tipo de piso oferece completa normalização da ABNT, desde as normas de fabricação até as de execução do assentamento em calçadas, parques, praças e ruas, entre outros.


 O piso intertravado de concreto também oferece as seguintes vantagens:

• Bons resultados estéticos 

• Fácil assentamento 

• Diversas cores

• Textura homogênea

• Redução de iluminação pública

• Permitem acesso à rede subterrânea apenas com a retirada dos blocos, que podem ser recolocados após intervenção.

• Extremamente duráveis, independentemente de condições climáticas ou de agentes agressivos.

Devido a essas características positivas, atualmente boa parte das cidades brasileiras, das capitais às pequenas cidades do interior, contam com calçadas, praças, parques e ruas pavimentadas com piso intertravado de concreto. Mas, para garantir a qualidade e a durabilidade dos pavimentos feitos com pisos intertravados de concreto, projetos e execução de acordo com os requisitos das normas brasileiras são absolutamente necessários e que devem ser exigidos na contratação desses serviços por órgãos públicos e empresas privadas.”, diz o arquiteto Carlos Alberto Tauil, consultor técnico da BlocoBrasil-Associação Brasileira da Indústria de Blocos de Concreto.


O arquiteto lista os itens essenciais para uma boa obra com pisos intertravados de concreto:

• Projeto desenvolvido por arquiteto ou engenheiro habilitado;

• Produtos fabricados com o Selo de Qualidade da ABCP e que obedecem às normas brasileiras;

• Execução por empresas com experiência nesse tipo de obra

• Controle e fiscalização dos trabalhos durante e na entrega da obra, verificando eventuais problemas e solicitando sua correção.

Outro aspecto fundamental nesse tipo de piso é a conservação, durante o uso. No Brasil, é comum que ruas e calçadas, principalmente, sofram com as obras feitas por concessionárias de energia, água e esgoto e gás, entre outras, que frequentemente realizam obras e, muitas vezes, não fazem o reparo do piso de forma adequada, gerando mais problemas à frente. “É importante que as concessionárias tenham equipes treinadas para fazer essa manutenção, em benefício dos usuários de calçadas e ruas”, observa Tauil. 

Normas de pisos intertravados:

NBR 9781/1987 – Peças de Concreto para Pavimentação - Especificação (Norma em revisão)
NBR 9780/1987 – Peças de Concreto para Pavimentação - Determinação de Resistência à Compressão (Norma em revisão)
NBR 15953/2011 - Pavimento intertravado com peças de concreto - Execução 


A íntegra das normas pode ser visualizada no site da ABNT (www.abnt.org.br).

Fonte: www.revistaprisma.com.br

Rodovia BR-277, Km108, S/N, Caixa Postal: 722, CEP 83608-000
Rondinha - Campo Largo - Paraná
Fone: (41) 3399-2211 | 8874-6445
contato@blockstock.com.br 

Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por MV9 Multimídia